Thursday, May 27, 2010

Bicicleta - item indispensável em Vancouver

Há duas semanas finalmente compramos nossas bicicletas. Depois de 9 meses em Vancouver e com a chegada da primavera, não tinha mais como resistir. Para quem é aficionado por bicicletas, Vancouver tem muitas lojas especializadas (e caras) e não faltam opções. Mas não é o meu caso.

Eu estava procurando uma bicicleta que não fosse cara, para usar na cidade e em trilhas leves. Já havia feito algumas pesquisas na internet, conversado com amigos e visitado várias lojas e cheguei a conclusão que a melhor opção, para o tipo de bicicleta que eu estava procurando e para o valor que eu pretendia gastar, era a Canadian Tire.

Há mais de 10 anos fora do mundo das bicicletas (a minha curtição de bicicleta foi na infância e adolescência), não tinha idéia da variedade de opções disponíveis hoje. Os modelos incluem: Urban, Road, Mountain, Hybrid, Comfort, Full Suspension, e por aí vai. Eu e Mari optamos por bicicletas do tipo Comfort que tem um pneu de largura média (mais grosso do que uma bicicleta de estrada e mais fino do que uma montain bike), o guidon um pouco mais alto e curvo (você não precisa ficar tão curvado para frente ao pedalar) e suspensão dianteira. A minha acabou sendo uma CCM Nevada e a de Mari uma Schwinn Soto.

Já fiz dois passeios com a bike nova: o primeiro em volta de False Creek no sentido da Granville Island, cruzando a Burrard Bridge na volta; e o segundo rodeando o Stanley Park e voltando pelo seawall da English Bay. Os dois passeios são muito bonitos e agradáveis e até agora estou bem satisfeito com a bicicleta.

Foto tirada em cima da Burrard Bridge

Vancouver e região oferecem opções ilimitadas de passeios de bicicleta, tanto nas ruas das cidades que compõem a Metro Vancouver quanto em trilhas pelos parques e áreas verdes. A cidade tem criado cada vez mais espaço para bicicletas e Vancouver já possui mais de 300 km de rotas de bicicleta além de um plano de expansão. Recentemente a Burrard Bridge teve uma faixa de veículos transformada em ciclovia e esta semana estão fazendo o mesmo na Dunsmuir, uma avenida que cruza o distrito financeiro de downtown.

Não fosse o excesso de chuvas em boa parte do ano, Vancouver seria o paraíso das bicicletas. Ainda assim, ter uma bicicleta em Vancouver é quase uma obrigação. A partir de agora (na verdade desde que comprei a bicicleta há duas semanas) estou em campanha para convencer os amigos a comprarem suas bicicletas e começarmos a fazer passeios e trilhas por aqui.

Dois sites interessantes:

7 comments:

César, Valéria, Lara e Anaclara said...

Eu adoro bicicleta, aliás todo mundo em casa adora. Logo temos que comprar as nossas.

E a vida segue...

Simone said...

Eu amo bibicleta quando estou nela e odeio quando sou a motorista que tem que esperar as bicicletas um tempão pra poder virar a esquerda e tenho que olhar pra todos os lados por causa delas kkkkkkk.

Bernardo Jurema said...

aqui em londres bicicleta é o meu principal meio de transporte! só me locomovo pedalando, no inverno inclusive... só quando a preguiça é grande é que recorro ao double deck ou ao tube! :)

Neuzinha said...

Pelo menos o suporte pra pendurar as bikes no carro, nos ja compramos.Hj fomos em dois lugares "namorar" as bikes, mais ainda nao compramos.
Quando formos por ai,poderemos levar as nossas e passearmos em alguns lugares.


Abraçao, Neuzinha

Gleydson said...

Eu também fico impressionado com a variedade... E os preços? RAPAIZ!!! Tem bicicleta de $10.000 e os caras nem ficam com vergonha de falar o preço! Rererererere...

A patroa 'tá namorando uma com suporte pra andar por aí com o pimpolho. Eu ainda estou resistente exatamente por isso que você citou: chuva! Vai ser muito tempo de bicicleta parada.

Abraços!

Ricardo Mendes said...

Muito legal sua pagina Mariana.
PARABENS ! !
Ricardo/Lisa

Andre said...

Caros Daniel e Mariana,

Me chamo André, tenho 27 anos e moro em Natal/RN. Estive lendo alguns posts do seu Blog (http://lanocanada.blogspot.com) e me empolguei muito.

Eu já tinha essa idéia de me mudar para Vancouver ou Calgary há uns 2 anos e ultimamente esta vontade vem aumentando. Acho que pelo mesmo motivo que fez vocês terem essa decisão radical: Querer mais!

Mas eu ainda tenho muito medo de não dar certo, porque minha esposa é muito apegada aos pais e amigos. Porém ela já me disse que também gostaria muito de se mudar para o Canadá. Somado a isso, nós temos uma vida relativamente tranquila, com empregos bons em comparação à média nacional.

Nós gostaríamos de saber alguns detalhes sobre a mudança de vocês. Espero que você não se importe de responder às perguntas.

Onde vocês moravam no Brasil?
Com o que você e sua esposa trabalhavam no Brasil?
Com quantos anos se mudaram para Vancouver?
Quanto se precisa gastar no processo de imigração?
Qual foi o processo que vocês utilizaram para imigrar (skilled worker, etc)?
Quanto se precisa ter de reserva para morar em Vancouver até se ter empregos com remuneração suficiente para viver?
Qual foi o seu primeiro trabalho? Era muito puxado? Era bem remunerado?
Qual o seu trabalho atual? É muito puxado? É bem remunerado?
Dá pra pagar as contas e sobrar para gastar com diversão, viagens e cultura?
Você sabe como é o mercado para engenheiros e jornalistas (ou trabalho com TV)?
Vocês tem filho(s)? É difícil começar a vida com filho(s) no Canadá?
A chuva/O frio/O calor são realmente piores que no Brasil?
A comunidade brasileira é unida e se ajuda?
A amizade com brasileiros facilitou a sua adaptação no Canadá?
Dá para morar "bem" (apartamento/casa com 2 quartos, num bairro não muito longe da civilização) logo na chegada?
É grande o número de brasileiros que não se adaptam e retornam ao Brasil?
O Canadense é receptivo?
Quanto custa para dar abertura no processo?
Quanto custa o processo até o fim?
Minha profissão foi retirada da lista de Skilled Worker. Isto diminui muito as minhas chances de imigrar?
É verdade que após a abertura do processo, passa-se 16 meses sem resposta? E se houver um erro no processo, só vou saber depois deste tempo todo?

Como não consegui o e-mail de vocês, por favor, podem me responder no (andre.dantas@yahoo.com).

Acho que é isso. Espero que você possa me ajudar a fazer a minha decisão mais cedo.

Também, pretendo visitar o Canadá em Abril/2011 para ver com meus próprios olhos como é o país.

Obrigado pela atenção.